Endereço de e-mail

Senha

ENTREGA GARANTIDA

ENVIAMOS PARA TODO O BRASIL

PARCELAMENTO

PARCELE SUAS COMPRAS EM ATÉ 12X

100% SEGURO

SUA COMPRA PROTEGIDA

ESPECIALISTAS ONLINE

TIRE TODAS AS SUAS DÚVIDAS

>
DE: R$ 41,90
POR: 38,90

ou 24x de R$ 2,08 com juros

COMPRAR

Alimentos

Armazém/Culinária

Óleo de Coco Extra Virgem 500 ml COPRA

Óleo de Coco Extra Virgem 500 ml COPRA

COPRA

Infusão de Folhas, frutos e Raízes.

mais informações

Óleo de Coco Extra Virgem 500 ml COPRA

COPRA

Infusão de Folhas, frutos e Raízes.

mais informações

As combinações acima não possuem estoque.

de: R$ 41,90

por: R$ 38,90

ou por 24x de R$ 2,08 com juros

Quantidade

+

-

COMPRAR

Frete e prazo

Frete e prazo

calcular

Não sei meu cep

Descrição do Produto

Óleo de Coco

Quando submetido a altas temperaturas, o óleo de coco virgem não perde suas características nutricionais, sendo considerado um óleo estável. É também considerado o mais saudável para cozinhar, não apresentando gordura trans gerada pelo processo de hidrogenação, que está presente em todos os óleos de origem vegetal, como os de soja, canola, milho e até o de oliva, que é considerado o óleo mais saudável.



O óleo de coco virgem não é um medicamento, e sim um alimento complementar. Por isso, deve ser consumido diariamente para que o organismo obtenha uma reserva de ácidos graxos, presentes no óleo de coco.



O óleo de côco extra virgem é um produto natural de origem vegetal, rico em Ácidos Graxos de Cadeia Média – TCM. Auxilia no emagrecimento (aumenta de maneira natural o metabolismo, a função da tireoide e auxilia na "queima" das gorduras). Possui antioxidantes (vitamina E), colaborando para o combate aos radicais livres e na diminuição do colesterol "ruim" (LDL) e elevação do "bom" colesterol (HDL);


O óleo de coco extra virgem é o único óleo vegetal que apresenta alta concentração de ácido láurico, mesma substância encontrada no leite materno e que fortalece o sistema imunológico. O consumo regular do ácido láurico protege o corpo de bactérias, vírus, fungos e protozoários e ajuda a regularizar as funções intestinais, tanto no caso de diarréia como no de constipação.


O alimento também é indicado para quem precisa emagrecer, já que tem uma leve ação termogênica. Estudos feitos com o óleo no Departamento de Nutrição da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, apontam que a substância, como parte de uma dieta equilibrada, diminui o desejo de comer doces e alimentos gordurosos.


Benefícios do óleo de coco


Tem alto poder antioxidante e colabora na diminuição da produção de radicais livres, graças à ação da vitamina E.


Ajuda a reduzir o colesterol ruim (LDL) e promove a elevação do bom (HDL), contribuindo assim para a prevenção e o tratamento das doenças cerebrais e cardiovasculares.



O Óleo de coco melhora o sistema imunológico, previne e age no combate a bactérias e fungos. Conseqüentemente, facilita a absorção dos nutrientes, aumentando todas as defesas do organismo.



A gordura do coco apresenta grande concentração de ácido láurico, o mesmo presente no leite materno.



Ajuda a regular a função intestinal, tanto nos casos de prisão de ventre como nos de diarréias. E ainda protege a flora amiga.



Estudos realizados há mais de 30 anos comprovaram que ela estimula a função da tireóide. O bom funcionamento dessa glândula faz com que o mau colesterol (LDL) produza hormônios necessários na prevenção de doenças e outros males crônicos.



Ele controla a compulsão por carboidratos, pois proporciona uma sensação de saciedade e não estimula a liberação de insulina. Dessa forma, diminui a compulsão por doces.

Modo de usar

O óleo de coco extra virgem é considerado o mais saudável para cozinhar. Por isso, deve ser consumido diariamente para que o organismo obtenha uma reserva de ácidos graxos essenciais. Pode substituir a manteiga nas pipocas, no preparo de bolos e pães. Adicione em preparações frias como: saladas, sucos, shakes, misturado à granola, iogurte, salada de frutas etc. Também pode ser usado sobre a pele, para a hidratação. Este produto não é um medicamento, e sim um alimento complementar.

Comentários