Endereço de e-mail

Senha

ENTREGA GARANTIDA

ENVIAMOS PARA TODO O BRASIL

PARCELAMENTO

PARCELE SUAS COMPRAS EM ATÉ 12X

100% SEGURO

SUA COMPRA PROTEGIDA

ESPECIALISTAS ONLINE

TIRE TODAS AS SUAS DÚVIDAS

>
POR: 2,40

ou 24x de R$ 0,13 com juros

COMPRAR

Farinha de Maracujá 100g

Capim Limão

A Farinha de Maracujá é um dos produtos naturais mais indicados por auxiliar no controle dos níveis glicêmicos em pacientes com Diabetes.

Em estoque

mais informações

Farinha de Maracujá 100g

Capim Limão

A Farinha de Maracujá é um dos produtos naturais mais indicados por auxiliar no controle dos níveis glicêmicos em pacientes com Diabetes.

Em estoque

mais informações

As combinações acima não possuem estoque.

por: R$ 2,40

ou por 24x de R$ 0,13 com juros

Quantidade

+

-

COMPRAR

Frete e prazo

Frete e prazo

calcular

Não sei meu cep

Descrição do Produto

Na onda das farinhas funcionais, a feita com a casca de maracujá foi uma das pioneiras: existem estudos sobre ela desde 1998. Ela é feita a partir da parte branca da casca, que é a porção mais rica em nutrientes, como a fibra pectina, a vitamina B3 (niacina), ferro, cálcio e fósforo. Acredita-se que a maior parte desses nutrientes se preserve na preparação da farinha, o que dá a ela propriedades importantes para nossa saúde, como redução dos picos glicêmicos. E ainda por cima, ela naturalmente não contém glúten. 

Uma pesquisa desenvolvida pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, em 2004, concluiu que a casca do maracujá apresenta alto teor de pectina - uma fibra solúvel que auxilia na liberação de nutrientes importantes, mas trabalha para bloquear a absorção de carboidratos, glicose e colesterol não saudável - na verdade, isso reduz os níveis de colesterol, especialmente os níveis de açúcar no sangue. No Brasil, a farinha natural feita de pele de maracujá tem sido usada há muitos anos contra o diabetes e o colesterol. Das 500 espécies de Passiflora em geral, 120 tiveram origem no Brasil. A maioria deles é usada para fins medicinais e funcionais, com efeitos comprovados para sistemas nervoso, endócrino e imunológico. 

Pesquisas revelaram efeitos fisiológicos importantes como controle do diabetes, controle da obesidade, prevenção de doenças cardiovasculares, também comprovaram retardar os níveis sangüíneos de triglicérides, colesterol e reposição de colesterol hepático, para aumentar a expectoração de lipídios, colesterol e ácidos biliares. Os pesquisadores descobriram uma redução nos níveis de Triglicerídeos e aumento no colesterol HDL (conhecido como colesterol "bom"). Os níveis glicêmicos apresentados pelos pacientes antes e após o uso da farinha de casca de maracujá confirmaram a casca de maracujá como um ingrediente muito eficaz no controle da glicemia como adjuvante das terapias convencionais.

MODO DE CONSUMO

Ela pode ser consumida cerca de 30 minutos antes das refeições, para trazer saciedade e evitar o exagero ao comer. Mas também pode ser consumida nas preparações, polvilhada em frutas, dissolvida em sucos, batidas de frutas, iogurtes, sobre os alimentos, entre outros. Só não é indicado levá-la ao fogo, pois ainda não há estudos que garantam que essa exposição extra ao calor não altere suas propriedades e a textura dos alimentos.

CONTRA-INDICAÇÕES

Não existem contra-indicações comprovadas cientifcamente sobre o uso da farinha de Maracujá, entrentando não recomenda-se a ingestão de forma exagerada.

 

Comentários